segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Individualismo ou Narcisismo?

O tema controverso a ser discutido hoje incute uma filosofia de espera e de prioridades que influenciam toda a nossa vida, tendo as escolhas papel importantíssimo na formação dos indivíduos como elementos estáveis na sociedade, e suas vidas revelarem-se prósperas e úteis para os demais.

A sociedade de hoje em dia incute-nos regras e prioridades que limitam e atrofiam por excelência a estabilização do pensamento comum e simples, levando-nos ao extremo e á loucura com as suas exigências, um grande exemplo será a falta de especificidade para entrada nos cursos superiores em que limita-se logo á partida o interesse, gosto e jeito pela área de interesse, centrando-se apenas no seu sucesso escolar anterior e não nas aptidões específicas.

Estamos a entrar num campo da sociedade em que o valor das pessoas observado e valorizado é fútil e incongruente deixando a importância da individualidade e das experiências vividas de lado. O indivíduo de hoje em dia é guiado pelas más influências da sociedade, fazendo escolhas na sua vida pessoal e profissional, incutidas por valores materialistas de carácter narcisista, sem objectivos de valor social.

Com este pensamento em mente deixo a sugestão de que cada escolha feita na vida, tanto pessoal, como profissional, seja com um objectivo de bem comum, tentando usufruir da estabilidade e sensação de união que essa escolha trará, forçando a sociedade a entender que todos os indivíduos são diferentes e cada um é especial.

Sem comentários: